sexta-feira, 4 de abril de 2014

Rosalba Ciarlini participa da inauguração do novo Fórum de Justiça de São Paulo do Potengi

Inaugurado no final da manhã desta sexta-feira (04), o novo Fórum da cidade de São Paulo do Potengi, município pólo da região Agreste, vai oferecer a partir de agora à população da cidade e dos municípios vizinhos os diversos serviços do judiciário potiguar. A inauguração contou com a participação da Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini; do presidente do Tribunal de Justiça do RN, Aderson Silvino; do titular da comarca de São Paulo do Potengi, Peterson Braga e do prefeito da cidade, José Leonardo de Araújo.

A solenidade aconteceu na sala de júri, e foi acompanhada por autoridades locais e também pela população. O novo Fórum vai atender a comarca do Agreste potiguar, e abrigará todos os órgãos do poder judiciário. As obras do novo prédio, chamado Fórum Dr. Galdino Bisneto, foram iniciadas em 2012 e concluídas no mês de fevereiro de 2014.

A chefe do Executivo Estadual falou sobre a importância do poder judiciário. “Esse novo Fórum vai dar a nossa população mais segurança, para que ela tenha mais cidadania e democracia. Uma ação para o povo e feita com responsabilidade e transparência”, disse.

Rosalba Ciarlini destacou ainda a parceria entre o poder Executivo e Judiciário. “Juntos vamos chegar a todo o Rio Grande do Norte, oferecendo cidadania ao povo potiguar. Em breve, também estaremos inaugurando o fórum da cidade de Areia Preta e reforçando a parceria com o Tribunal de Justiça do Estado”, encerrou a Governadora.



Para o presidente do TJ, a inauguração marca mais uma mudança do Tribunal de Justiça, cada dia mais próximo do cidadão. “O Tribunal de Justiça do Estado colabora ainda mais para o desenvolvimento do município, para estabelecer uma melhor estrutura as suas atividades fins, sejam elas quais forem, e oferecendo os serviços da nossa justiça”, declarou Aderson Silvino.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© 2014 Blog do Emerson Miguel - Todos os direitos reservados.
Layout por: Fernando Hal.