terça-feira, 22 de julho de 2014

Wilma defende que União destine 10% da receita corrente bruta para a Saúde

A candidata ao Senado pelo PSB, Wilma de Faria, defendeu que a União destine 10% das receitas correntes brutas para a Saúde Pública. Ela destacou que apresentará um projeto para que esse percentual fique assegurado no orçamento. Ao conceder entrevista para o programa Jornal Verdade, transmitido pela Rede TV, Wilma de Faria também afirmou que é preciso uma reforma tributária que melhore as condições financeiras e orçamentárias dos municípios.

Wilma de Faria disse que está em permanente diálogo com a população e esses projetos serão elaborados de forma transparente e aberta, com a participação da sociedade. Ela explicou que, no caso da proposta do Passe Livre, vai defender que a União também assuma uma desoneração que viabilize o projeto.

Para a candidata ao Senado do PSB, é necessário ampliar a participação do Governo Federal nos investimentos em segurança. Ela afirmou que, no Rio Grande do Norte, esse setor, assim como a assistência aos trabalhadores rurais e outras áreas sociais, estão em situação cada vez mais grave.


Nenhum comentário

Postar um comentário

© 2014 Blog do Emerson Miguel - Todos os direitos reservados.
Layout por: Fernando Hal.