quarta-feira, 20 de março de 2019

Hermano promove Audiência Pública pelo Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia

O deputado estadual Hermano Morais (MDB) será o propositor na próxima segunda-feira (25) de Audiência Pública pelo Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia, a ser referendado no dia seguinte. O debate está marcado para se iniciar a partir das 14h, no Plenário Cortez Pereira, da Assembleia Legislativa do RN.
A epilepsia é uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, quando células cerebrais se comportam de maneira excessiva que se expressa por crises epiléticas que geralmente se repetem. A causa pode ser uma lesão no cérebro, decorrente de uma forte pancada na cabeça, uma infecção (meningite, por exemplo), neurocisticercose (“ovos de solitária” no cérebro), abuso de bebidas alcoólicas, de drogas. Muitas vezes a origem pode ter também relação com má formação congênita do cérebro.
As crises podem se manifestar de diferentes maneiras. As convulsivas são quando a pessoa contrai os músculos como involuntariamente. Mas podem ocorrer ausências, quando a pessoa fica com o olhar fixo, perde contato com o meio por alguns segundos ou quando a pessoa não tem controle de seus atos, fazendo movimentos automáticos, como caminhar sem direção.
O tratamento das epilepsias é feito com medicamentos que evitam as descargas elétricas cerebrais anormais, que são a origem das crises epilépticas, casos com crises frequentemente e incontroláveis são candidatos à intervenção cirúrgica. No SUS, a assistência ao paciente com doença neurológica está prevista na Portaria GM/MS nº. 1.161, que instituiu a Política Nacional de Atenção ao Portador de Doença Neurológica. Atualmente existem 27 hospitais habilitados como Unidade de Assistência ou Centro de Referência de Alta Complexidade em Neurologia/Neurocirurgia, e no Serviço de Investigação e Cirurgia da Epilepsia, no Brasil.
O Canabidiol, substância extraída da Cannabis sativa, a maconha, tem sido estudada como uma alternativa para o tratamento da epilepsia. A Anvisa esclarece que muitos dos produtos à base de Canabidiol e THC não são registrados como medicamentos em seus países de origem, não tendo sido, portanto, avaliados por qualquer autoridade sanitária competente.
Para a presente Audiência Pública, foram convidadas as seguintes representações: Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil, Secretarias de Estado e Município de Saúde e Educação, Neurinho, Instituto do Cérebro, Médicos, Psicólogos, Frente Parlamentar Municipal em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, entre outras.
Dia Roxo
Dia 26 de março é comemorado o Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia, conhecido como purple day. A data busca desmistificar o preconceito e disseminar informações sobre uma das condições mais antigas que atingem o ser humano. Desde 3.000 a.C já existem relatos em papiros de pessoas acometidas por convulsões. A doença afeita 1% da população mundial e até 2% entre os brasileiros.
Segundo dados do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB), órgão ligado ao Ministério da Saúde, em Natal são registrados 194,31 casos registrados para cada grupo de 100 mil habitantes, ou seja, quase 4,5 mil casos foram diagnosticadas com epilepsia.
Serviço:
O quê? Audiência Pública pelo Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia
Quando? Segunda-feira, 25 de março
Onde? Plenário Cortez Pereira, Assembleia Legislativa do RN
Horário? 14h

Nenhum comentário

Postar um comentário

© 2014 Blog do Emerson Miguel - Todos os direitos reservados.
Layout por: Fernando Hal.