segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Candidatura de Wilson Witzel a presidente da República tira discurso pró-Bolsonaro do deputado Coronel Azevedo


O deputado estadual Coronel Azevedo, que se elegeu com o discurso bolsonarista e anti-PT, vai ter que repensar as palavras antes dos pronunciamentos futuros.

Sem espaço no PSL de Bolsonaro para ser candidato a prefeito de Natal, foi procurar outra legenda, prometendo continuar com o discurso ‘somos todos Bolsonaro’.

O que Coronel Azevedo não esperava era se filiar a um partido, no caso o PSC, de malas prontas para romper com o presidente.

Maior estrela do PSC, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que deverá vir ao Rio Grande do Norte oficializar a filiação de Azevedo, e posse como presidente do diretório potiguar do partido, já disse que vai ser candidato a presidente da República.

E para ser candidato, vai ter que romper com Bolsonaro, já declarado pré-candidato à reeleição.

Coronel Azevedo terá que seguir o discurso do PSC nacional, e apoiar a candidatura de Witzel, com discurso de oposição a Bolsonaro.

Witzel já declarou com todas as letras que vai ser candidato.

“Eu sou governador do estado querendo ser presidente da República, porque aquilo que eu acredito que vai ser bom para o estado do Rio, para desenvolver a economia, desenvolver socialmente a população, resolver problemas graves do estado como a questão da pobreza nessas comunidades, o crime organizado… Tem questões macro que só um presidente pode resolver e eu tenho projetos para o Brasil”, declarou Witzel em entrevista a Andreia Sadi na Globonews.

No PSC, Coronel Azevedo perde o discurso pró-Bolsonaro.

Pode até não perder o anti-PT, mas…melhor ir mantendo um meio termo equilibrado e formando mesa…com o PT.

Como na apresentação da Festa do Boi, quando o deputado posou ao lado da senadora quase petista Zenaide Maia e da governadora Fátima Bezerra.
Fonte: Thaisa Galvão

Nenhum comentário

Postar um comentário

© 2014 Blog do Emerson Miguel - Todos os direitos reservados.
Layout por: Fernando Hal.